28/04/2015

Estudando o sistema digestorio...

 Sistema digestório


O sistema digestório humano é composto por BOCA, FARINGE, ESÔFAGO, ESTÔMAGO, INTESTINO DELGADO, INTESTINO GROSSO, RETO E ÂNUS.

O alimento passará  por dentro deste tubo sofrendo transformações com  ações químicas (enzimas e sucos digestivos) e mecânicas (mastigação deglutição, peristaltismo e defecação)até que seus nutrientes possam ser absorvidos pelas células afim de executarem a função exigida (energética, plástica, reguladora).
Na boca inicia-se a digestão do amido com a ação da enzima amilase (ou ptialina). Nesta fase, após ser insalivado e triturado pelos dentes o alimento se chama BOLO ALIMENTAR.
Passando pela faringe e esôfago não acontecem reações, somente os movimentos peristálticos que empurram o alimento até o estômago.

No estômago o alimento passa a se chamar QUIMO pois sofre a ação química do suco gástrico, da enzima pepsina  que atua na digestão das proteínas, das lipases que atuam sobre  alguns lipídios, neste momento também ocorre a absorção de alguns sais minerais como o cálcio. O quimo segue então o seu percurso.

No Intestino delgado , na primeira porção chamada Duodeno,  o Quimo sofrerá novamente a ação de enzimas digestivas na "quebra" dos nutrientes em pedaços menores, capazes de passar através das vilosidades intestinais,  afim de serem distribuídos às células. Nesta etapa acontece a participação de duas glândulas anexas ao sistema digestório: o PÂNCREAS- com a liberação de suco pancreático, composto por várias enzimas, que atua  sobre as proteínas, os lipídios e os carboidratos; FÍGADO- com a liberação da bile (armazenada na vesícula biliar) que auxilia na redução das moléculas de gordura (emulsificando-as) facilitando assim o trabalho das lipases pancreáticas.Na porção mediana e final do intestino delgado chamada de Jejuno-Íleo os nutrientes passam pelas vilosidades intestinais e o restante agora na forma de uma massa esbranquiçada, chamada QUILO destina-se ao Intestino grosso.

No Intestino Grossoserão absorvidas as vitaminas e sais minerais, que não sofrem digestão, e a água.
As bactérias da flora intestinal dissolvem os restos alimentícios não assimiláveis, reforçam o movimento intestinal e protegem o organismo contra bactérias geradoras de enfermidades. O intestino grosso não possui vilosidades nem secreta sucos digestivos, normalmente só absorve água em grande quantidade formando então as FEZES, último processo de transformação do alimente que será evacuado através do reto e ânus.



Nenhum comentário:

Postar um comentário